TREINO DE REAÇÃO COM BOLA DE TÊNIS E ELÁSTICO

Neste vídeo mostro como montar um aparelho para treino de golpe de vista, pontaria, movimentação, reflexo e tempo de reação. Pode se treinar como aquecimento ou até mesmo incorporá-lo na sua rotina de treino. Alguns boxeadores profissionais usam este treino e vc pode achar os vídeos no Youtube, como Kostya Tszyu e Vasyl Lomachenko. Quanto às aplicações, este treino pode ser uma adição do divertimento a seu arsenal do treinamento. Além dos benefícios de coordenação mão-olho, também é útil que este treino não será extenuante para o corpo. Você pode facilmente incluir algum treinamento de reação com esta ferramenta sem desvirtuar seus objetivos de treinamento primário.
Ricardo Ubiratan Saeki
28/12/2016

HABILIDADES COM 2 BOLAS PARA MELHORAR A COORDENAÇÃO MÃO – OLHO E GOLPE DE VISTA

Escrito por Ross Enamait
Post original em inglês: http://rosstraining.com/blog/2016/10/24/skills-to-improve-hand-eye/
24 de outubro de 2016

Tradução de Ricardo Ubiratan Saeki
09 de Dezembro de 2016

HABILIDADES COM 2 BOLAS PARA MELHORAR A COORDENAÇÃO MÃO – OLHO E GOLPE DE VISTA

Se você está familiarizado com este blog, você provavelmente me viu discutir a importância da coordenação mão-olho. Como eu disse antes, há muito mais para treinar do que força e condicionamento. Você vai ter dificuldade de encontrar muitos atletas que não se beneficiariam de uma melhor coordenação.

Com isso em mente, eu sou um grande crente na prática de atividades simples, como malabarismo. Na verdade, eu já escrevi vários artigos sobre o assunto. Uma coisa que eu não mencionei ainda é como o malabarismo não precisa envolver três ou mais objetos.

Para começar, vale a pena notar que estou longe de ser um malabarista especialista. Sou apenas um treinador que acredita que o malabarismo é benéfico para os seus atletas. Malabarismo não é útil apenas para a coordenação mão-olho, mas também para o cérebro. Eu recomendo a todos.

Se você tentou fazer malabarismos antes e lutou com três padrões de bola, é útil começar com duas bolas.

Naturalmente, estes padrões de malabarismo devem ser praticados com cada mão. Não se surpreenda se o seu lado não-dominante encontre dificuldade inicialmente. Com a prática regular, porém, você pode fazer melhorias consideráveis com apenas alguns minutos a cada dia.

Quando praticar

Até onde é o melhor momento para treinar a coordenação mão-olho, novas habilidades devem ser praticadas quando você está descansado. Por exemplo, você poderia incluir malabarismo como parte de seu warm-up. E uma vez que você se torna proficiente com uma habilidade particular, também pode ser útil para praticar enquanto cansado (como discutido aqui).

 

Outra opção útil que eu tive sucesso é praticar malabarismo por alguns minutos no início de cada dia. Fazer isso tem provado ser uma ótima maneira de começar disparando logo cedo o meu cérebro. Malabarismo essencialmente força-me a ser mentalmente afiado e consciente. Mesmo por um segundo de falta de concentração irá fazer com que as bolas caiam.

Conclusões finais

Tenho certeza que há alguns leitores do blog que estão cansados de me ver escrever sobre a coordenação olho-mão. Infelizmente, é apenas um daqueles tópicos que não recebe atenção suficiente. Assim, embora não seja minha intenção discutir continuamente o mesmo tópico, acredito que ainda há muitos atletas que poderiam se beneficiar se concentrando mais tempo na coordenação mão-olho.

E como eu disse antes, outro benefício destes exercícios é que eles que não são fisicamente exigentes. Você pode praticar habilidades como malabarismo todos os dias sem dificultar sua recuperação. Tudo o que é preciso é de alguns minutos de prática dedicada a cada dia. Qualquer atleta sério que não consegue encontrar tempo não está procurando o suficiente.

EXERCÍCIOS COMO TRATAMENTO PARA DEPRESSÃO

Escrito por
Ross Enamait

5 de abril de 2016

http://rosstraining.com/blog/2016/04/05/exercise-as-a-treatment-for-depression/

Tradução de Ricardo Ubiratan Saeki – 05/Dezembro/2016

dsc04956
Ricardo Ubiratan Saeki treinando Core na PowerBall

Exercício para a saúde mental

Eu tenho falado por muito tempo que os benefícios do exercício estendem distante além de toda a meta ou realização física. Como eu disse antes, eu nunca estou mais do que um treino fora de um humor melhor. Não importa o quão ruim que foi o dia que eu tive, um treino rápido sempre me deixa de volta na pista. Dentro de minutos eu percebo me sentindo melhor (fisicamente e mentalmente).

Para nenhuma surpresa, eu não sou o único em reconhecer os benefícios mentais do exercício. Qualquer pessoa que tenha passado algum tempo treinando poderia dizer-lhe a mesma coisa. A conexão entre o corpo e a mente é impossível de negar. A pesquisa nova sugere mesmo que o exercício pode ser um tratamento eficaz para a depressão (veja abaixo).

Exercício como um tratamento para a depressão – Resumo

Exercício e Depressão

Para começar, vale a pena notar que eu não sou um médico e não estou deprimido. Com isso dito, não é preciso um cientista de foguetes para reconhecer que a depressão é um problema sério no mundo de hoje. Eu arriscaria adivinhar que todos nós conhecemos alguém que foi clinicamente diagnosticado com depressão. Portanto, é ótimo ver o exercício recebendo atenção como um possível tratamento.

Conforme citado no resumo acima:

“Nossos dados apoiam fortemente a alegação de que o exercício é um tratamento baseado na evidência para a depressão.”

Como esperado

Ao examinar novas pesquisas, eu sempre me esforço para rever o material com uma mente aberta. A opinião pessoal não é relevante para a pesquisa baseada em evidências, então é melhor deixá-la fora da equação. Em outras palavras, em vez de tirar conclusões precipitadas, deixo que as evidências falem por si mesmas. Afinal, a evidência é a única conclusão que importa.

No entanto, o lado humano de mim vai ocasionalmente ler um estudo com a esperança de provar o que eu sempre pensei que é verdade. Esse foi o caso, como eu li o texto completo sobre os efeitos do exercício sobre a depressão. A conclusão é exatamente o que eu esperava que fosse.

Pensando em meus mais de 20 anos de treinamento, o exercício me ajudou em alguns momentos difíceis. Eu sempre vi exercícios rápidos como minha própria forma de terapia. É inevitável que cada sessão termine comigo se tornando uma versão melhor de mim mesmo. Mesmo se é apenas uma ligeira mudança de humor, a diferença é inegável. Eu sempre saio me sentindo melhor do que quando eu comecei.

Pensamentos finais

Enquanto meu próprio humor balança pálido em comparação com a depressão clínica, estou feliz em ver que a ciência suporta o que muitos de nós sempre pensamos ser verdade. Exercício, sem dúvida, fornece inúmeros benefícios físicos e mentais. E, felizmente, você não precisa sofrer de depressão para experimentar esses benefícios.

Falando por mim, muitas vezes eu brinco que o mundo é um lugar melhor quando estou treinando. Meu humor melhora, acho pensamentos mais claros, e eu sou uma pessoa melhor para estar ao redor. Talvez o mundo é realmente um lugar melhor quando todo mundo está se exercitando no entanto. A pesquisa parece estar apontando nessa direção.

E enquanto isso pode soar como maluquice para alguém que nunca treinou, tenho certeza que faz todo o sentido para aqueles que tem praticado exercícios por aí por um bom tempo.

USANDO O MALABARISMO PARA MELHORAR O DESEMPENHO EM LUTA

Usando o Malabarismo Para Um Melhor Desempenho

Por Ross Enamait – Publicado em 2007
http://rosstraining.com/blog/juggle-your-way-to-improved-performance/
Tradução de Ricardo Ubiratan Saeki – Dezembro/2016

3-cascada

Em um artigo passado, eu discuti como uma corda de pular barata poderia ser usada para melhorar qualidades atléticas como coordenação, agilidade, rapidez e resistência. Ao contrário do que muitos gurus da Internet podem sugerir, essas habilidades podem ser reforçadas com nada mais do que uma corda de 5 dólares. Neste artigo, discutirei outra técnica de baixa tecnologia e barata que aumentará qualidades como coordenação golpe de vista, ambidexteridade, visão periférica, percepção de profundidade, tempo de reação visual e equilíbrio neuromuscular.

 

Pode parecer muito bom para ser verdade, mas você pode executar este exercício em qualquer lugar, com nada mais do que algumas bolas de tênis. Você pode praticar, desde que você queira, sem risco de overtraining ou dores musculares.

 

Então, qual é o exercício secreto que foi escondida para as massas?

 

Malabarismo!

Isso aí … malabarismo três ou quatro bolas de tênis é uma adição ideal para o plano semanal de qualquer atleta. À primeira vista, você pode pensar que estou brincando. Ensinar um grupo de atletas a fazer malabarismos pode parecer ridículo, mas na verdade é algo que eu recomendo. Assim, muitos atletas procuram alto e baixo para aconselhamento de treinamento, mas muitas vezes ignoram o óbvio. Todo mundo quer se tornar mais forte, mais rápido e mais poderoso, mas o que é bom essas qualidades se você não tem a coordenação para usá-los?

 

Tome um momento para rever o seu plano de treinamento semanal. Quanto tempo você gasta trabalhando para melhorar qualidades como coordenação mão-olho, visão periférica e tempo de reação visual?

 

Muitos atletas vão responder a esta pergunta com um ovo de ganso grande.

 

Eles não passam algum tempo trabalhando para melhorar esses atributos. Eles estão trabalhando para se tornar mais fortes ou trabalhar para melhorar a resistência. Claramente, a força e a resistência são importantes, mas nada pode substituir a necessidade de coordenação.

 

E além dos benefícios atléticos, malabarismo também irá melhorar o seu cérebro. Em uma experiência recente (2004), a Universidade de Regensburg neurologista Arne Maio e seus colegas descobriram que malabarismo pode aumentar a matéria cinzenta dentro do cérebro.

Conforme citado no relatório:

 

“O grupo malabarista demonstrou uma significativa expansão transitória bilateral na matéria cinzenta na região do meio-temporal e no sulco intraparietal posterior esquerdo”.

 

Os pesquisadores concluíram o seguinte:

 

“Essa descoberta de uma alteração dependente do estímulo na estrutura macroscópica do cérebro contradiz a visão tradicionalmente sustentada de que a plasticidade cortical está associada a mudanças funcionais e não anatômicas”.

 

Em termos leigos, a plasticidade é a capacidade do cérebro de se remodelar (isto é, de reorganizar os caminhos neurais com base em novas experiências).

 

Não foi há muito tempo que os cientistas estavam convencidos de que o cérebro era deteriorado cedo na vida. Deterioração do cérebro foi visto como inevitável ao longo do tempo. A capacidade de reconstruir e / ou melhorar o cérebro foi considerada impossível. Felizmente, a pesquisa moderna sugere o contrário.

 

Como citado dentro de uma edição passada de The Journal of Active Aging:

 

“Os cientistas agora sabem que o cérebro permanece plástico (ou maleável) ao longo da vida. Em qualquer idade, o cérebro tem a capacidade de rever sua maquinaria de processamento – para melhor ou pior – em resposta a estímulos e atividades. Assim como o cérebro pode se deteriorar, ele também pode crescer. A matéria cinzenta pode engrossar, os troncos podem realinhar e as conexões neurais podem ser forjadas e refinadas, revitalizando as habilidades cognitivas “.

 

Malabarismo é uma das muitas maneiras de revitalizar o cérebro. Uma razão para este fenômeno é que o malabarismo leva você para fora de sua zona de conforto. A maioria de nós não somos malabaristas. A pessoa média não pode manipular sua carga de trabalho diária, não importa três ou quatro bolas.

 

Quando você é desafiado com uma nova tarefa, você deve se concentrar e permanecer relaxado para desenvolver com sucesso a habilidade. A concentração e o esforço necessários para desenvolver a nova habilidade é claramente benéfica para o cérebro.

Permaneça Consistente

Não há nada mágico sobre malabarismo, mas esta atividade simples levará a melhorias consideráveis se você permanecer coerente com seus esforços. Existem inúmeras variações de malabarismo, variando de fácil a extremamente avançado. Você não precisa ser um artista de circo para se beneficiar do malabarismo.

 

Comece com o básico, e gradualmente se esforçe para melhorar, como você desafiar-se com padrões mais avançados e truques. Quando começar pela primeira vez, limite a sua prática de malabarismo a apenas alguns minutos. É importante estar com o corpo fresco e alerta ao dominar uma nova habilidade. Com apenas 5 minutos de malabarismo por dia, você vai marcar mais de 30 horas de malabarismo em um ano. Um investimento de cinco ou dez minutos cada dia não é pedir muito.

 

Benefícios adicionais

Além dos dados científicos apresentados até agora, existem obviamente outros benefícios para o malabarismo. Pense nisso…

 

Para conciliar com êxito, você deve permanecer relaxado, como você visualmente rastrear objetos no espaço e, em seguida, reagir fisicamente ao estímulo constante (móvel). Se você está tenso, você nunca terá sucesso em malabarismo. A capacidade de permanecer relaxado é vital para qualquer atleta, particularmente um atleta de combate.

 

Pense em si mesmo em um sparring por exemplo. Se você estiver tenso, você sempre lutará com a defesa. Um lutador tenso será tão evasivo quanto um caracol. Considere todos os mestres defensivos de todos os tempos, como o grande Willie Pep, ou mais recentemente Pernell Whitaker. Estes homens podiam estar diretamente na frente de seus oponentes e evitar golpes entrando como um mágico. Uma razão para o seu sucesso foi a sua capacidade de funcionar em um estado relaxado. Esses indivíduos também tiveram tremendas reações, coordenação mão-olho, visão periférica, etc. (atributos que podem ser aprimorados com malabarismos).

 

Claramente, malabarismo não vai transformá-lo em Willie Pep próximo, mas pode melhorar muitas das qualidades físicas e mentais que são necessários para se tornar um lutador indescritível. Você deve permanecer relaxado enquanto você reage a objetos que se movem para cima e para baixo, e em cada lado de você.

 

Agora, pense em um adversário que está jogando chutes e socos em sua direção. Você deve ver esses golpes de entrada e, em seguida, reagir em conformidade. Qualquer exercício que melhore essa habilidade é digno do seu tempo.

Resumo e Leitura Adicional

Em resumo, o malabarismo oferece benefícios físicos e mentais.

 

– Barato (qualquer bola vai funcionar)

– Conveniente (você pode fazer malabarismos em qualquer lugar)

– Relaxante

– Eficaz (benefícios físicos e mentais)

– Não fisicamente estressante (fazer malabarismos quantas vezes quiser)

Se o malabarismo é novo para você, uma pesquisa rápida oferecerá mais informações do que você pode digerir em uma sessão. Existem inúmeros tutoriais flutuando na web. Eu recomendo começar com uma cascata básica de três bolas (a forma mais comum de malabarismo). Não se limite a esta variação no entanto. Como com qualquer tipo de treinamento, você deve progredir para variações mais difíceis.

Este tutorial me ensinou de forma simples a conseguir fazer o “jiggling” com 3 bolas:

 Malabarismo com 3 bolinhas – aprenda agora! – How to juggle 3 balls

 

Bom malabarismo!